quarta-feira, 18 de novembro de 2015

SBT OU RECORD: QUAL CANAL QUE MAIS AMEAÇA A GLOBO EM 2015?



DA REDAÇÃO

A Globo completou 50 anos neste ano e teve que "comemorar" ótimas audiências das suas maiores concorrentes: a Record e o SBT. Afinal, qual das duas emissoras que deixaram a Vênus Platinada a amargar derrotas, e até piores?

Alguns vão dizer que é a Record, com o fenômeno "Os Dez Mandamentos". No dia 10 de novembro, a rede de Edir Macedo exibiu a cena da abertura do Mar Vermelho e chegou a 31 pontos de pico, ou seja, onze pontos a mais que o principal horário da Globo, a novela das nove, que registrou apenas 20. Outras atrações da Record que venceram a rede carioca foram “Gugu”, “Domingo Show”, “A Fazenda”, “Fala Brasil”, “Balanço Geral”, “Hoje em Dia” e “Câmera Record”.


Mas segundo a reportagem publicada no site "RD1", quem ficou mais tempo tomando a liderança da Globo foi o SBT, em 2015. Os dados do Ibope da Grande São Paulo mostram que, de 1º de janeiro a 31 de outubro, a rede de Silvio Santos ficou exatos 12.611 minutos em primeiro no Ibope (210 horas), ante 11.109 (185 horas) da Record e 100 (aproximadamente 2 horas) da Bandeirantes.

O desempenho elogiável do SBT deve-se, entre outras coisas, a clássicos da emissora, como os desenhos, que deixaram das equipes do “Bem Estar”, “Encontro com Fátima Bernardes” e “É de Casa” em alerta. “The Noite”, os filmes, “A Praça é Nossa”, “Domingo Legal”, “Conexão Repórter” tambem estragaram a alegria dos Marinho & cia. Quem tirou o sono da platinada na maioria das vezes foi o próprio dono, Silvio Santos, que só em 2015 já enterrou o “Superstar” e o “Tomara Que Caia”.

Apesar de ocupar a quarta colocação, a Band vem aumentando os minutos à frente da Globo, sua parceira em transmissões esportivas. A vantagem do canal do Morumbi, no entanto, passa longe de Datena e companhia. Deve-se à franquia “MasterChef” o saldo de quase 2 horas no topo do ranking. Já a RedeTV!, a TV Cultura e a TV Gazeta não lideraram sequer por um minuto no ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário