domingo, 15 de novembro de 2015

REDE TV! FAZ 16 ANOS: OS PROGRAMAS MEMORÁVEIS QUE TALVEZ VOCÊ NÃO SE LEMBRE



DA REDAÇÃO

15 de novembro de 1999. Feriado de Proclamação da República. Logo às sete horas da manhã, ia ao ar uma entrevista com o então presidente Fernando Henrique Cardoso, inaugurando oficialmente a Rede TV!, que sucedeu a Rede Manchete (afinal, tambem, foi uma boa emissora). Em seu primeiro dia de transmissões, a emissora, sediada em Osasco (SP) teve seu pico de audiência ao exibir o filme “Kramer VS. Kramer”, que chegou a quatro pontos no Ibope. Uma performance que se tornaria rara dali por diante, em sua trajetória.

O slogan deixa bem claro: “A emissora de TV que mais cresce no Brasil”. Porém, a média no Ibope ali na casa de um mísero pontinho desmente a frase, convenhamos.

FOTOS: GENTE ANIMADA COMPARECE AO SHOW DA CANTORA CEU NA ARENA MIRAFLORES


Foto: Maiêeh Souza
A cantora Céu, considerada uma das artistas mais interessantes e promissoras que surgiu no Brasil durante a última década, se apresentou pela primeira vez em Vitória da Conquista na Arena Miraflores, voltando de uma turnê na Europa. O show “Céu - Ao Vivo" é uma produção Good Vibes Produções de Eventos e reiniu centenas de pessoas na noite de sábado (14). Com pouco mais de 10 anos de carreira, Céu já possui três discos de estúdio: CéU (2005), Vagarosa (2009) e Caravana Sereia Bloom (2010). Seu disco mais recente, uma espécie de road-álbum, garantiu a ela o Grammy Latino de Melhor Pop Contemporâneo Brasileiro. CONFIRA AS FOTOS DO SHOW:

ESTUDANTES DOAM LIVROS À CLINICA DE HEMODIÁLISE



DA REDAÇÃO

Nesta sexta (13) e sábado (14), uma turma do curso de Psicologia da Faculdade Maurício de Nassau arrecadou cerca de 500 livros arrecadados pelos alunos durante a Campanha do Dia do Livro, comemorado em 29 de outubro. A ideia é, com a quantidade arrecadada, montar uma biblioteca em uma clínica que oferece tratamento de hemodiálise em Vitória da Conquista e com isso melhorar a qualidade de vida dos pacientes no processo de tratamento.

CAUSO DE ADVOGADO: PROBLEMAS COM IDENTIDADE



POR GUSTAVO DE MAGALHÃES

Fiz terapia antes de fazer minha cirurgia bariátrica, e descobri três graves problemas. O primeiro grande problema: não sei o valor do dinheiro, o que significa que, tanto faz, que eu ganhe dez mil como cem reais, fico feliz do mesmo jeito (abro um parêntese para afirmar aos que me devem, que esse defeito não funciona para o caso). A segunda constatação, é que sou gordo, cabeça de gordo, adoro comer e amo comida! A terceira e última, que tenho problemas sérios com minha identidade. Quando eu era mais gordo, não tinha como ser confundido com ninguém. Afinal, era uma referencia. Gordo deixa de ter nomes. Exemplo: “onde está fulano?” “Fulano está ali, do lado daquele gordo”! Outro Exemplo: “quem é Gustavo?” “É aquele advogado gordo”! Nesse caso, vira sobrenome.