quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

ESTUDANTES PROMOVEM "PIT STOP ESTUDANTIL"


DA REDAÇÃO

Um grupo de quatro estudantes promoveram um "Pit Stop Estudantil" em uma das avenidas mais movimentadas de Vitória da Conquista, a Vivaldo Mendes Ferraz, no Bairro Recreio. O objetivo é arrecadar recursos para a participação do Bienal da União Nacional dos Estudantes (UNE) que será realizado no Rio de Janeiro. Assista o recado de uma estudante:



PAOLLA OLIVEIRA RECEBE ELOGIOS NA WEB QUANDO APARECEU DE LINGERIE NA GLOBO


DA REDAÇÃO

A atriz PAOLLA OLIVEIRA apareceu numa cena do seriado "Felizes para Sempre" que foi ao ar na Globo na noite desta terça-feira (27), trajando uma lingerie fio-dental. Tal imagem rendeu muitos elogios ao corpo da atriz e sua atuação. "Que mulher maravilhosa", escreveu um internauta. Outro elogiou o bumbum da atriz: "Nossa, ela é magrinha, não sabia que tinha esse bumbum todo". E uma menina disparou: "Eu só queria ter o bumbum da Paolla Oliveira". O nome da atriz ainda estava como um dos assuntos mais comentados no Twitter na manhã desta quarta-feira (28). Tem mais comentários? 

Na minissérie "Felizes para Sempre?", Paolla Oliveira é Denise, ou Danny Bond, uma garota de programa chamada por Cláudio para apimentar o casamento com Marília (Maria Fernanda Cândido). A cena também foi bastante elogiada pela ousadia da atriz, que costuma viver personagens doces que sofrem nas mãos de vilões. 

(Fotos: Reprodução/Globo)

CONQUISTENSE CONCORRE AO TÍTULO DE MUSA DOS BLOCOS DO RIO NO CARNAVAL


POR RODRIGO FERRAZ

A música e o carnaval fazem parte da história de Priscilla Ferr, cantora que se apresenta no Leme, no próximo dia 7 de fevereiro, ao lado do Bloco Brasil. Nascida em Vitória da Conquista,  de um músico e de uma família onde “todo mundo tocava alguma coisa”, ela se tornou intérprete por uma consequência natural.

Priscilla Ferr é a primeira de cinco candidatas que serão apresentadas ao longo dos próximos dias e que concorrem ao título de Musa dos Blocos do Rio, em eleição promovida pelo G1 a partir da próxima sexta (30). Todas as candidatas — escolhidas pelo site — têm relação com algum bloco de carnaval de rua carioca e são foliãs apaixonadas.

Família de músicos - Meu pai era músico e eu o perdi muito pequena. Mas, na minha infância, fui a muitos saraus aos finais de semana, onde ele escrevia poesia e tinha música de manhã, de tarde e de noite. Mesmo com a ausência do meu pai, eu cresci ao lado dos meus tios, que eram influenciados pela música”, afirma Priscilla.

A cantora veio morar no Rio com 18 anos, depois de correr por muito tempo atrás do trio elétrico, na Bahia. Quando chegou, entrou em contato com outras influências: “Eu caí em um campo mais carioca. Da bossa nova, de Elis Regina, de Cartola… Outras influências passaram a fazer parte da minha música”.

As performances na Marquês de Sapucaí também a impressionaram. “Quando eu vi uma escola de samba passar e tudo estremecer, aquela beleza artística me deixou realmente fiquei tocada. É emocionante e apaixonante. Não tem como você ir para o Sambódromo e não se deixar influenciar e envolver por aquilo. É um outro horizonte”, conta.

Inspiração baiana - Fã dos Novos Baianos e de Caetano, Gil, Gal e Bethânia, Priscilla também foi influenciada pelas cantoras de axé music. “Elas têm um jeito de cantar e dançar, onde todo o corpo dança e canta junto. São muitos expressivas, cada uma à sua maneira. E sempre têm uma mistura de sexualidade, sem ter um propósito nisso, sem ser o foco direto. O foco maior das cantoras baianas é trazer a alegria com a dança”, diz.

Ela acredita que o título de Musa dos Blocos pode a ajudar a alcançar um público maior. “O objetivo é atingir uma massa de pessoas. Eu quero que mais pessoas ouçam as nossas músicas, o máximo que a gente puder. Acho que esse título pode abrir portas profissionais. Porque a ideia é muito mais atingir o público pela alegria do que simplesmente pela beleza”.

Priscilla define os seus cuidados de beleza no dia a dia como simples. Ela afirma praticar exercícios físicos três vezes na semana, beber muita água, ter uma boa alimentação e cumprir a maioria dos seus compromissos de bicicleta. “Eu mesma faço o meu cabelo. Eu sempre me virei. A minha mãe era dona de loja. Eu acompanhava os desfiles e via como os maquiadores faziam. Fora isso, é preciso ter bons produtos”.

‘Palco é vitrine’
Vocalista do Bloco Brasil desde a fundação, ela afirma que a banda faz jus ao nome e percorre a diversidade dos ritmos da música do país. “A gente abraça todos os ritmos musicais brasileiros. Temos xote, quadrilha, frevo, rock, pop, samba. É tudo mesmo. Fazemos releituras de grandes sucessos. Impregnamos um estilo nosso”.

Priscilla acredita que o assédio é consequência de um papel de destaque. “É claro que quando você desce do palco tem gente que vem para elogiar o seu trabalho e para elogiar a sua fisionomia. Às vezes caem na paquera. O palco é uma vitrine para as pessoas nos olhares de uma maneira especial. Mas toda arte tem um pouco de brilho neste sentido”. Com informações do Portal G1

APARECERAM MAIS ALUNOS DO COLÉGIO OPÇÃO COM EXCELENTES NOTAS NA REDAÇÃO DO ENEM




POR ASCOM/FAINOR/OPÇÃO


A autora de uma das melhores redações do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é aluna de Vitória da Conquista. É ARIANA RODRIGUES FIRMINO, ela fez 980 pontos e, provavelmente, irá optar pelo curso de Jornalismo. Outra aluna com ótima nota foi TAINARA DOS SANTOS SOUZA, que fez o pré- vestibular/ENEM no Colégio Opção. Ela, e também FELIPE MORAES, obtiveram 960 pontos em 1000 possíveis. KAROL SOUZA, conseguiu 940 pontos. Já REBECA GOMES MAIA, ANA CLARA BARROS SOUSA, BIANCA AZEVEDO BRITO, LARA SALGADO, RAMONA KETTY SILVEIRA e ISABELLE CRISTINE, também alunas do Colégio Opção, esta última do 1o ano e com apenas 15 anos de idade, fizeram 920 pontos.

MEDITAR FAZ BEM PARA MEMORIA




POR ZULMIRA FURBINO
Correio Brasiliense

Quando o ano acaba de virar para dar início a um novo ciclo, e as pessoas começam a traçar metas para os próximos 365 dias, talvez seja a hora de respirar fundo e buscar na meditação uma ferramenta para melhorar a saúde e a qualidade de vida, além de reduzir o estresse do dia a dia. Pesquisa realizada pela Harvard Medical School, nos Estados Unidos, mostrou que um dos efeitos da meditação centrada na respiração é o aumento da massa cinzenta e a alteração no formato do cérebro. As mudanças ocorreram duas semanas depois que adultos começaram a prática e foram constatadas com o apoio de um instituto de neuroimagem alemão e da University of Massachusetts.