domingo, 5 de fevereiro de 2017

A NOVA DEUSA DO ÉBANO CHAMA-SE GISELE




Foto: Max Haack /Ag Haack

Na noite de sábado (4), aconteceu a 38ª edição da Noite da Beleza Negra, na Senzala do Barro Preto, em Salvador - e homenageou a beleza da cultura e da mulher negra. Na oportunidade, ocorreu a eleição da "Deusa do Ébano", do bloco afro Ilê Aiyê. Foram quinze candidatas de diversas partes de Salvador: Liberdade, Garcia, Itapuã, Plataforma, Nordeste de Amaralina, Santo Antônio Além do Carmo, Acupe de Brotas, Fazenda Grande do Retiro, Pero Vaz e Bonocô. A felizarda da noite foi GISELE SANTOS SOARES, de 24 anos, moradora do bairro de Itapuã. 


Participando pela primeira vez do concurso, a vencedora esperava participar do desfile apenas para ter experiência, mas acabou levando não só o troféu de Deusa do Ébano 2017, como também uma premiação de R$ 3,6 mil, uma fantasia do seu bloco do coração e dois bilhetes da Air Europa. “Não imaginei que estaria aqui, agora, sendo Rainha do Ilê Aiyê. Foi uma surpresa muito grande. Espero trazer muita prosperidade para o bloco, porque a gente está passando por um momento difícil”, disse a jovem, que tem agora a missão de levar ao público todo encanto e consciência que a mulher negra necessita para elevar sua autoestima e censo crítico.

Gisele é mãe da pequena Ayomí Zuhri, que tem apenas dez meses. Ela também ensina dança afro, ballet clássico, além de outras modalidades - como jazz e dança contemporânea. A jovem participa ainda de projetos sociais no seu bairro, Itapuã, e em outras comunidades, como Cajazeiras.

A auxiliar administrativa Suana Emile Góis de Jesus, 24 anos, foi a segunda colocada sendo a Princesa do Bloco com o prêmio de R$ 3 mil e recepcionista Juliana da Silva Conceição, 29 anos, por sua vez, participou do concurso pela sexta vez e garantiu o terceiro lugar, além do título de Princesa do bloco, do prêmio de R$ 2,5 mil e uma fantasia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário