segunda-feira, 27 de abril de 2015

GLOBO 50 ANOS: A VISÃO DO FUTURO



Desde o início do ano, a Globo tem mostrado reprises de fatos dramatúrgicos e homenagem a vários artistas, assim como os fatos marcantes do jornalismo da emissora no "Jornal Nacional". O canal fundado por Roberto Marinho (1905-2003) comemorou seu jubileu de ouro ontem (domingo).

O site RD1 listou medidas que a "poderosa" tem feito para manter o público nos próximos anos, já que está sofrendo muito para manter a audiência de outrora.


AUDIÊNCIA X QUALIDADE

Os executivos da Globo vão continuar focados na busca pela audiência, já que outras emissoras mostra-se bem intensa. Porém, a direção da Vênus Platinada quer investir na qualidade da programação. Ou seja, as produções serão cada vez mais caprichadas graças a uma equipe de profissionais afiada e aos equipamentos de última geração. A novela “Joia Rara”, de 2013, é um exemplo desta nova fase do canal. A trama escrita pela dupla Duca Rachid e Thelma Guedes recebeu um investimento digno de uma produção das 21 horas mesmo sendo exibida no horário das seis.

MAIOR PRODUÇÃO COM CURTA DURAÇÃO

Desde 2000, as tevês brasileiras têm adotado um sistema algo comum nas emissoras americanas: a produção por temporadas e de curta duração. Isso inclui séries, e reality-shows. E daqui para frente, o telespectador brasileiro verá com mais frequência todas as produções que duram por apenas alguns meses e retornam apenas no ano seguinte (se o resultado do público for bom).

Assim, o "plim-plim", que já se adequou a este modelo, produzirá mais conteúdo ao longo do tempo. Isto oxigena o mercado, chama a atenção do público e aumenta o lucro, pois as opções de negócio também crescem nesta nova situação.

MÍDIAS INTEGRADAS (TV PAGA E INTERNET)

A Globo já tem feito a integração do seu conteúdo da TV aberta com as emissoras por assinatura e a internet. Programas podem ser vistos online e são reprisados no canal Viva, por exemplo, um dos maiores sucessos dos últimos anos. Em 2014, a Globo aberta fez parceria com os canais pagos da Globosat com a produção da série “Animal”. Estrelada por Edson Celulari, os telespectadores não aprovaram a história, mas a Vênus Platinada mantém o objetivo de trabalhar em conjunto com outras empresas do Grupo Globo.

GENTE JOVEM

O desejo da Globo é revelar talentos de pouca idade, para substituir os já veteranos. Os nomes como Ana Maria Braga, Jô Soares, Serginho Groisman e Faustão seriam os primeiros afetados com estas mudanças. 

Fernanda Lima, André Marques, Monica Iozzi e Marcelo Adnet são os profissionais que têm despontado na recente história do canal carioca e prometem ganhar mais espaço nos próximos anos.

Estes artistas são vistos como profissionais que atraem audiência, faturamento e prestígio à imagem da emissora. Porém, a ideia é fazer a transição de fase cuidadosamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário