segunda-feira, 25 de julho de 2016

SKOL OCUPA QUADRA DO APACHES COM OFICINAS E SHOWS GRATUITOS



(Foto: Divulgação)

POR TAÍS LEITE
LK Comunicação

Um canto em cada canto. Através do projeto Canto Skol Salvador, a cerveja preferida dos baianos vai ativar diversos espaços alternativos e esquecidos da cidade. A primeira edição acontece nos dias  29 e 30 de Julho, na quadra do Apaxes do Tororó. Estão previstas oficinas, palestras, e shows abertos à comunidade.

"A música é um importante fio condutor de Skol para se conectar com as pessoas em momentos de alegria e descontração. Através do Canto Skol vamos utilizar as novas expressões musicais baianas para resgatar lugares tradicionais de cultura da cidade que ficaram distantes da agenda de eventos de Salvador", afirma Felipe Bratfisch, gerente regional da marca. Segundo ele, a ideia é deixar a cidade mais bonita, levando arte e música para a população.


O projeto é inspirado no movimento jamaicano “Cultura Sound System”, que ocorreu em Kingston nos anos 50.  Diante da pobreza que imperava na cidade, a ideia era levar aos jovens, experiências musicais e contato com a arte. “O mesmo será feito em Salvador”, explica Bratfisch.

Com a imigração jamaicana, o movimento “Cultura Sound System” cresceu e ocupou as ruas e praças de outros países.  Os “selectas”, como eram conhecidos os jovens jamaicanos, produtores musicais da época, passaram a viajar o mundo levando em suas bagagens vinis locais, a alegria própria do país, e toda experiência das festas de rua.

O primeiro local da cidade a receber o Canto Skol é a comunidade do entorno do Dique do Tororó. O local escolhido é a quadra do Bloco Apaxes do Tororó. “O bloco é referência de música e processo de evolução cultural. Eles promovem o encontro da raiz com o contemporâneo,  na música e no visual”, justifica a escolha.

A ação na capital baiana contará com a participação do Mutirão Mete Mão, idealizado pelo sistema de som perambulante Ministereo Público e pelo grupo de graffitti 071 Crew. A Prefeitura Municipal de Salvador, por meio do Escritório Salvador Cidade Global, também integra a ação, com a ações que viabilizam a requalificação do espaço público .

Além das oficinas, palestras e shows gratuitos que serão oferecidos à comunidade, a Skol vai reformar e dá uma nova cara ao barracão do Bloco Apaxes do Tororó. Com a ajuda dos integrantes das oficinas, o local será completamente estilizado para receber o projeto.  O Canto Skol prossegue até o final do ano. A segunda edição do está prevista para acontecer em setembro. O local e as atrações ainda não foram definidos.


(Foto: Divulgação)

Programação Diversificada

Na sexta-feira, dia 29, primeiro dia do evento, será dedicada a oficinas e palestras. Estão previstas rodadas de bate papos com músicos, produtores e artistas gráficos locais. A palestra “Fusões Sonoras”, com o produtor musical Rafa Dias abordará o processo criativo musical de Salvador e da  Bahia no século XXI. Em seguida o músico Mahal Pita falará sobre “A imagem e o som: a importância do conceito e dos elementos visuais para comunicar a arte”.

A programação contempla ainda, as oficinas “DJ, da pesquisa à produção musical - estilos e técnicas”, ministrada pelo Dj Mauro Tlefunksoul, “Grafite e Serigrafia, técnicas, materiais e estilos de arte urbana”, ministrada pelo coletivo de grafiteiros 071 Crew, e “Montagem de Sistemas de Som”, pelo produtor musical Regivan Sta Bárbara.

O sábado, dia 30, será dedicado à apresentação dos resultados das oficinas e uma intensa programação de shows. Às 18h a bateria do bloco Apaxes do Tororó  abre a programação com uma intervenção musical, em conjunto com diversos Djs, e o coletivo Ministereo Público Sistema de Som. Em seguida acontece o Baile Sound System, com a participação do Dj Mauro Tlefunksoul. A noite termina com a apresentação do grupo O Quadro, que fará um show com participação da cantora Larissa Luz.

O projeto é uma realização da Cerveja Skol, faz parte da plataforma de música da marca, e tem a chancela de Salvador, reconhecida como “Cidade da Musica”, pela Rede de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em Dezembro de 2015.


Nenhum comentário:

Postar um comentário