quinta-feira, 29 de junho de 2017

FLIGÊ 2017 TERÁ BATE-PAPO COM INGRA LYBERATO


ASSESSORIA

Famosa por seus trabalhos na televisão, no cinema e no teatro, sucesso nos anos 80, a atriz e escritora baiana Ingra Lyberato, a Ana Raio da novela A história de Ana Raio e Zé Trovão, é mais um nome confirmado para a segunda edição da Feira Literária de Mucugê, que será realizada entre os dias 10 e 13 de agosto.


Durante a atividade Bate-papo com Escritor, no dia 12 de agosto, Ingra falará da produção do seu livro “O medo do sucesso: A vida nos palcos, no cinema e na televisão”, no qual considera uma carta aberta para si mesma e para o público. “Mais do que uma autobiografia, ele é uma forma de mostrar que é possível transformar crenças autodestrutivas em gratidão e paz de espírito”, completa.

Lançado em 2016 pela L&PM Editores, o livro revisa a própria trajetória da atriz que em meio a testes de elenco, preparação para gravações, estudos de roteiro e ensaios, muitas vezes foi assombrada pelo medo do sucesso. Fazendo parte de uma geração de mulheres que busca o equilíbrio entre a vida profissional e familiar, Ingra Lyberato viveu o epicentro da fama, com toda a ansiedade e tentações que isso traz, e fez escolhas entre uma carreira alucinante e sua vida pessoal. A atriz olha para trás e é capaz de identificar os erros que cometeu – na profissão e nas relações pessoais.

Ingra Lyberato nasceu em Salvador, em 21 de setembro de 1966. Cursou licenciatura em Dança na Universidade Federal da Bahia, até mudar-se para o Rio em 1989. Atuou em dezenas de telenovelas, minisséries, peças de teatro e longas-metragens, entre os quais: Tieta, Pantanal, A história de Ana Raio e Zé Trovão, A indomada, O clone, e o filme Dois córregos, que lhe rendeu prêmios dentro e fora do Brasil. Entre as premiações mais importantes, Ingra também recebeu o Kikito de Melhor Atriz do Festival de Cinema de Gramado por Valsa para Bruno Stein.

Promovido pelo Coletivo Lavra com apoio financeiro do Ministério da Cultura (MinC), Secretaria de Cultura do Governo do Estado da Bahia (Secult), Secretaria da Fazenda (Sefaz) e em parceria com a Prefeitura de Mucugê e o Instituto Incluso, a Fligê conta com uma programação totalmente gratuita que abrange conferência, mesa de conversa, encontros literários, concertos líteros musicais, lançamentos de livros, leituras guiadas, contação de estórias, oficinas, estandes/editoras, intervenções artísticas, filmes, shows e atividades afins, com a participação de conceituados autores e autoras do circuito nacional, bem como a nova geração que se dedica a encontrar seu espaço para apresentação de sua obra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário